“O Museu em ruínas” coming

MACE
The Museum of Contemporary Art of Elvas will be showing a new art exhibition this Saturday the 5th. Among several contemporary artists, Alexandre Farto aka Vhils and ± MaisMenos, two artists featured in this website, will have some of their pieces in this collection. You can check the flyer and press release inside (Portuguese only).

Flyer

MACE
MACE

Press Release (PT)

No Sábado, dia 5 de Fevereiro de 2011, a Câmara Municipal de Elvas inaugura, às 16h, no Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE) a exposição “O Museu em Ruínas”, a partir das obras da Colecção António Cachola.

O ensaio de Douglas Crimp, On the museum ruins (1993), constitui o ponto de partida e de orientação da temática desta exposição. Neste trabalho, o autor analisa o conceito de arte contemporânea e as instituições que a representam, evocando um novo conceito de museu pós-moderno, ou seja, de instituição de relevância social e cultural, protagonista de processos de produção, representação e consumo de significados no contexto de uma condição global pós-moderna.

A exposição “O Museu em Ruínas” pretende evidenciar esse novo paradigma de museu, através dos trabalhos dos artistas, uma vez que, tal como refere Scott Lash, “não são as sociedades no seu todo que se podem considerar pós-modernas mas algumas das suas emergentes manifestações culturais” (Sociology of Postmodernism, 1991).

Alexandre Estrela, Alexandre Farto Aka Vhils, Ana Rito, Isabel Simões, João Louro, Luís Palma, Maria Lusitano, Marta Soares, Mauro Cerqueira, Miguel Ângelo Rocha, ±MAISMENOS±, Nuno Sousa Vieira, Pedro Barateiro, Rodrigo Oliveira e Rui Chafes, são os artistas presentes nesta exposição, cujos trabalhos permitem leituras em torno dos conceitos de construção, mas também, de desconstrução e reconstrução, onde se ancilam os pressupostos teóricos do pós-modernismo e da contemporaneidade.
Francisco Tropa, artista representante de Portugal na 54ª edição da Bienal de Veneza em 2011, apresenta “Tesouros Submersos do Antigo Egipto”, obra que reflecte preocupações estruturais (e estruturantes) sobre aquilo que pode definir o género humano e a sua relação com a Arte, na sua acepção global e, em última instancia, com o mundo.

Após um ciclo de apresentação da Colecção António Cachola em seis exposições temáticas (2007-2010), o MACE iniciou, em 2010, com o Museu Colecção Berardo, uma nova fase de trabalho, que se caracteriza pelo estabelecimento de relações com outras instituições museológicas, públicas ou privadas, para o desenvolvimento de projectos de divulgação das colecções e dos artistas e, simultaneamente, de valorização da criação artística nacional e internacional.
“O Museu em Ruínas” pretende fazer metaforicamente a ponte para essa nova fase protagonizada pelo MACE, onde os processos de desconstrução e reconstrução são considerados produtivos.

No âmbito do programa da inauguração será assinado um protocolo de colaboração entre o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu Chiado e a Câmara Municipal de Elvas – Museu de Arte Contemporânea de Elvas, com o objectivo de promover uma cooperação regular efectiva entre as duas instituições no âmbito das respectivas missões, designadamente no que respeita ao estudo, documentação e divulgação dos acervos de que são depositárias.

Curadoria: Isabel Pinto & Patrícia Machado (CME/MACE)

A exposição estará patente de 6 de Fevereiro a 3 de Abril de 2011.

Leave a Reply

Your email address will not be published.